VF Chardonnay

  • 0
Chardonnay  - Villa Francioni

VF Chardonnay

Tags : 

Chardonnay  - Villa FrancioniChardonnay. Revela-se sob duas facetas: a primeira mais robusta, com notas de cacau, cravo e leve chocolate; a segunda, mais atrevida, apresenta nuances de abacaxi, maçã e no fundo de taça, mel.Volumoso, um chardonnay potente e elegante, com acidez viva e muito equilíbrio. Final de boca longuíssimo e provocante, remete a sensações retro-olfativas complexas e requintadas.


  • 0

Vinho Chardonnay da D’alture traz a Medalha de Ouro para São Joaquim no Concurso Mundial de Bruxelas

Tags : 

 D'alture Chardonnay

D’alture Vinícola Boutique de Ouro

A mais nova vinícola concentrada nas terras altas de São Joaquim que recebeu clamorosamente o nome de D’alture trouxe para a Cidade da Neve a Medalha de Ouro do Concurso Mundial de Bruxelas já em sua primeira safra.

Em um concurso às cegas o Chardonnay Lounge D’alture de 2012 o primeiro e um dos mais requintados vinhos da vinícola agradou em suma o paladar dos jurados atingindo notas altíssimas e levou a vinícola ao status de ouro.

Este foi o primeiro concurso disputado pela D’alture que já promete ser a nova revelação da produção, vinificação e qualidade de vinhos produzidos na Altitude da Serra Catarinense.

O Chardonnay da D’alture tem uma produção limitada a 2.600 garrafas que mantiveram um rigoroso grau de preparação durante sua produção para desta forma manter um grau altíssimo de qualidade e sabor.

De acordo com o enólogo da D’alture Sir Adão Cardoso o Chardonnay ocorreu numa fermentação em temperaturas baixas o que valorizou de forma suprema os aromas e estagiou em barricas de carvalho francês de primeiro uso o que fez com que o vinho adquirisse uma estrutura mais nobre e consistente, além de ter sido submetido a uma suave prensagem onde se extraiu o que havia de melhor na uva.

Além disso o vinhedo está em uma altitude de 1.430m acima do nível do mar, onde uma grande amplitude térmica alinhada ao terroir caraterístico trazem a vida uma das mais excelentes variedades de uvas viníferas que ousadamente foram utilizadas para produzir os vinhos da D’alture.

 

_______________________________________________

 

Faça você também parte deste grupo seleto que aprecia os Vinhos Finos da Serra Catarinense e adquira o Chardonnay e outros produtos da D’alture na própria Vinópolis em São Joaquim na rua Major Jacinto Goulart, 240 ou pelo fone (49) 3233.0422


  • 1
cabernet_sauvignon

Variedades da uva

Tags : 

Antes de conhecer as variedades de uva, é importante salientar que existem duas grandes espécies de uvas utilizadas amplamente no mundo: as de origem americana (vitis labrusca, vitis riparia, etc.), próprias para consumo in natura e elaboração de sucos e vinhos comuns, e as uvas viníferas européias (vitis vinifera), uvas próprias para elaboração de vinhos finos.


Uvas Tintas


cabernet_sauvignonCabernet Sauvignon

É uma variedade originária da região de Bordeaux, França. O cacho é de tamanho pequeno a médio, e as bagas são pequenas. O vinho possui estrutura tânica e coloração intensa quando a uva é madura. Geralmente, o Cabernet Sauvignon combina bem com a fermentação e o envelhecimento em barrica de carvalho. Se for elaborado com uva não suficientemente madura apresenta certa dureza e às vezes é agressivo. Entretanto, quando a uva é madura, ele tem cor intensa, é potente e complexo. É um dos vinhos nobres da vitivinicultura.

Principais descritores aromáticos: vegetal-pimentão verde, especialmente quando a uva não é muito madura; floral-violeta; frutado-amora, cassis, ameixa, coco; baunilha, couro, cacau e tabaco.

_____________________________________________________

merlot-grapesMerlot

É uma uva também originária da região de Bordeaux. Possui cacho geralmente alado de tamanho médio e as bagas são pequenas. Quando elaborado com uva madura, seu vinho é redondo, aveludado, potente, rico em álcool e de coloração intensa. Devido à sua constituição fenólica, pode ser fermentado e amadurecido em barrica de carvalho. É um vinho que pode ser consumido puro ou cortado com outros varietais, principalmente, com Cabernet Sauvignon.

Principais descritores aromáticos:
os mais complexos lembram trufas e são frutados, com características de ameixa, cereja preta, framboesa e groselha.

_____________________________________________________

pinot-noir-Pinot Noir

É originária da Borgonha, França, e apresenta vários tipos e grande variabilidade. Os cachos e as bagas são pequenos ou muito pequenos. É cultivada em condições favoráveis. Seu vinho é potente, fino, complexo, apesar de pouco ácido e da pouca intensidade de cor. Em regiões que não são ideais o seu cultivo, apresenta estrutura relativamente fraca e tem certa deficiência de cor. É uma variedade reconhecida pelos bons vinhos de sua região de origem e por sua qualidade como vinho base para elaboração de champanhe e de espumantes.

Principais descritores aromáticos: quando jovem, possui características de frutas vermelhas, como a amora; e, quando envelhecido, notas vegetais e até de animais de caça.

_____________________________________________________

gamayGamay

A Gamay é originária da Borgonha, França. O cacho é pequeno, e as bagas são de tamanho médio. O vinho geralmente é jovem, fresco e com acidez relativamente elevada. O corpo é magro devido a uma fraca composição em taninos. A cor varia de púrpura a violeta, e sua intensidade geralmente varia de média a fraca. É um vinho para ser consumido jovem, mas há produtos de qualidade e com características para envelhecimento.

Principais descritores aromáticos: frutas vermelhas, como o morango.

_____________________________________________________

syrahSyrah

Também conhecido como Shiraz, até a pouco tempo sua origem era desconhecida. Entretanto, segundo estudos recentes feitos com DNA, é proveniente do cruzamento natural entre variedades Mondeuse Blanche (branca e originária do Departamento de Savoie) e Dureza (tinta e originária do Departamento de Ardèche) e provavelmente ocorrido na Região do Vale do Rio Rhône, França. O cacho é de tamanho pequeno a médio, e as bagas são pequenas. Quando elaborado com uva madura, o vinho tem bom potencial alcoólico, é apto ao envelhecimento e de ótima qualidade. Possui cor intensa, é aromático, fino e complexo. É tânico, estruturado e com acidez adequada. Não confundir com a Petite Sirah que, também segundo estudos recentes com DNA, é uma denominação que
na Califórnia engloba uma série de variedades, como a Durif, a Peloursin e a Pinot Noir.

Principais descritores aromáticos: trufas, tabaco, alcaçuz e frutas vermelhas-groselha, mirtilo e framboesa, floral e especiarias.

_____________________________________________________


tannatTannat

A Tannat é originária da região basca, Sudoeste da França. Tem cacho grande e bagas médias ou pequenas. Hoje, é o vinho emblemático do Uruguai. É muito rico em compostos fenólicos, estruturado e de coloração muito intensa. Geralmente ácido duro e nervoso. Se a uva é madura, e o vinho envelhecido em barrica de carvalho torna-se relativamente redondo, mas suave e agradável. Sua coloração o credencia para ser usado também em cortes com outros vinhos deficientes em cor. Tem características que permitem envelhecimento prolongado.

Principais descritores aromáticos:
frutas vermelhas, cassis, framboesa, ameixa e marmelo, caramelo e especiarias.

_____________________________________________________

Tempranillo_GrapesTempranillo

A Tempranillo é uma variedade originária de Rioja, Espanha, mas cultivada também em Portugal, com outras denominações. O tamanho do cacho varia de médio a grande, e as bagas são médias. O vinho pode ser fino e complexo, é de boa qualidade, de cor intensa e bem estruturado, mas geralmente com pouca acidez.

Principais descritores aromáticos:
frutas vermelhas-framboesa, e morango, especiarias e tabaco.

_____________________________________________________

cabernet francCabernet Franc

Muito cultivada na França, entra no corte dos grandes vinhos de Bordeaux. Ao contrário da Cabernet Sauvignon, quase não foi exportada. P.

Principais descritores aromáticos: Possui aroma fresco e frutado, com um gosto característico de fruta madura.

_____________________________________________________


Uvas Brancas


chardonnayChardonnay

A chardonnay é uma variedade que tem sua origem na Borgonha, França. Os cachos e as bagas são pequenos.  Apresenta bom potencial para produção de açúcar, mas conservando sua acidez. O vinho Chardonnay é potente, tem bom volume de boca e pode apresentar grande complexibilidade aromática. No Brasil, o Chardonnay geralmente é jovem e fresco, mas apresenta composição que favorece a fermentação em barrica  de carvalho. Sua característica pode ser diferente, dependendo do método de fermentação utilizado. Destina-se, também à elaboração de champanhe, de espumantes e de vinhos licorosos. É um dos vinhos de maior aceitação no mercado.

.
Principais descritores aromáticos: maçã e citrus, e também abacaxi, pêssego e melão, maracujá; baunilha e manteiga.

_____________________________________________________


sauvignon_blanc_Sauvignon Blanc

Provavelmente provenha das regiões Centrais ou do Sudoeste da França. Tem cachos e bagas pequenos. Os vinhos são secos, elegantes, finos e típicos. Pode ser utilizada para a elaboração de vinho licoroso de grande qualidade, como os botritizados.

Principais descritores aromáticos: vegetal, frutado – citrus, damasco, pêssego, avelã, maracujá, floral e manteiga.

_____________________________________________________

gewürztreminerGewürztraminer

Em Alemão, “Gewürtz” significa especiaria, uma boa indicação da personalidade dessa cepa que viceja nas duas margens do Reno, na Alsácia e no sul da Alemanha, assim como no norte da Itália e na Áustria.

Principais descritores aromáticos: Tem frutado pronunciado, muito marcado por toques de especiarias. Seu gosto já foi comparado aos sabores da lichia e manga.