História do Vinho

vinho

A História do Vinho está intimamente ligada à História do homem. Há indícios de que a bebida tenha mais de 7.000 anos, tendo sua origem mais provável no Oriente Médio, na região compreendida entre os mares Negros e Cáspio, ao sul do Cáucasso.
Muitos impérios cultivaram o vinho, como os egípcios, os gregos e romanos, difusores da bebida através da Europa.

A Bíblia Cristã está repleta de passagens sobre o vinho. Segundo o Velho Testamento, Noé foi o primeiro homem que implantou a vinha. Segundo as escrituras, Cristo, durante a Santa Ceia, simbolizou seu sangue no vinho.
Dessa forma.

Os cristãos veem o vinho também como elemento ritualístico para as cerimônias religiosas, sendo também identificado como elixir e remédio para a cura de diversos males.
Somente no século XIX, com as descobertas de Louis Pasteur sobre a fermentação, pôde-se entender de forma científica o processo de elaboração do vinho e surge então a enologia cientifica baseadas em conhecimentos adquiridos sobre as origens e os mecanismos deste processo.
A difusão da bebida intensificou-se no século XX, com a utilização de modernos equipamentos e novas tecnologias, permitindo que se produzam vinho em todos os continentes.


Leave a Reply