Conservação

vinho

O Vinho deve ser visto como um ser vivo: ele nasce, evolui e morre. As substâncias que o compõe podem se degradar naturalmente com o tempo ou mesmo em condições inadequadas de conservação. É uma bebida muito delicada, pois é extraído da natureza.

Cuidados com a conservação

Oxigênio

O oxigênio é o inimigo número 1 do vinho. Na sua presença aceleram-se todos os processos de degradação (oxidação, avinagramento). O ideal é manter a garrafa na posição horizontal, para que o vinho fique em contato com a rolha, evitando que esta resseque e permita a entrada de ar.

Temperatura

Deve ser o mais constante possível, não sofrendo mudanças bruscas de temperatura, sendo o ideal em torno de 14 a 18 graus.

Umidade Controlada

A umidade ideal é de 75%. Muita umidade pode causar o aparecimento de mofa no rótulo ou na rolha. Pouca umidade pode secar e encolher a rolha, aumentando o contato com o ar, o que poderia estragar o vinho.

Luz

A luminosidade acelera o processo de degradação, sendo o ideal mantê-lo no escuro.

Vibração

Evitar locais de alta vibração.


Leave a Reply