Bettu

  • 0
Bettu

Bettu

 

CABERNET FRANC

Cabernet Franc é uma importante variedade Vinífera também cultivada no Sul do Brasil, introduzida entre os anos 1960/65, foi responsável pelo avanço de um novo ciclo de cepas serem testadas nesta década, e, abriu caminho para outras variedades até hoje amplamente cultivadas. Devido principalmente ao pouco conhecimento da época em relação às viroses e à sua alta sensibilidade, foi dizimada e praticamente erradicada, entretanto, teve um papel importante no cenário vitícola brasileiro. Atualmente ressurge para propiciar excelentes vinhos. Pode-se através dela, elaborar produtos marcantes e com características bem definidas. Mas, pouco utilizada ao redor do mundo em vinhos varietais. Na maioria das vezes compõe cortes, principalmente na sua região de origem. O principal motivo da pouca utilização da mesma em vinhos varietais, deve-se de sobremaneira ao pouco apelo do nome em relação a outras cepas, diante ao mercado consumidor.

BETTU CABERNET FRANC 2008

Através da escolha de clone propício, mudas livres de viroses, muita dedicação e criteriosa observação dos resultados, decidiu-se elaborar um varietal CABERNET FRANC, o qual teve um longo período de amadurecimento em barricas de carvalho séssil, grão fino, da região de Trançois, fabricado na França. Houve um rigoroso acompanhamento para determinar o momento ideal de retirada do vinho da barrica e engarrafamento, visando com isso apenas aprimorar as principais características da uva presentes no vinho. Taninos abundantes e maduros, acidez e álcool pronunciados porém harmônicos, em sintonia com o estágio em barrica, fizeram deste vinho parecer jovem mesmo já com seus seis anos. Podemos sem dúvida denominá-lo de vinho de guarda. Com tudo, seu consumo neste estágio induz a um acompanhamento alimentar a base de carnes vermelhas, para que a proteína combine perfeitamente com os taninos generosamente presentes no vinho. Aos que possuem paixão na constituição de adega particular, podemos dizer que pelas
características técnicas o mesmo deve evoluir muito bem até os 15 anos.

OrgalindoBettú

Palavra do Vitivinicultor

Bettu


Leave a Reply