Monthly Archives: março 2010

  • 0

Merlot Suzin

De coloração rica e aromas generosos, o Merlot Suzin se converte em verdadeira carícia ao paladar do degustador.

Cultivado nas altas e frias terras de São Joaquim, onde o solo pedregoso, a ampla variação térmica e a exposição solar privilegiada se aliam ao cuidado do vitivinicultor para com o vinhedo e às técnicas de elaboração, transformando a pedra bruta em jóia lapidada.

Ficha Técnica

País: Brasil

Região:
São Joaquim – SC

Teor Alcoólico: 14%

Cor: Vermelho rubi intenso, com reflexos castanhos.

Aroma: Boa intensidade aromática, lembrando frutas frescas, mescladas com especiarias harmonizadas com carvalho. Retrogosto a alcaçuz.

Paladar:
De bom corpo, início de boca agradável e taninos macios que tornam o vinho elegante, equilibrado, harmônico e com boa persistência no final de boca. Acidez agradável que dá sustentação ao estágio em barrica francesa.

Informações gerais:
Estágio de 08 meses em barricas de carvalho francês, o que troxe muita estrutura e harmonia ao vinho.

Notas de produção: Vinho elaborado a partir de parreiras próprios conduzidos em espaldeira sob produtividade média de 4,0 toneladas por hectare, com raleio de cachos e final do amadurecimento em abril. Colheita manual, seleção dos cachos, desengace e seleção de bagas seguida de esmagamento e maceração peculiar com pijeajes diárias. Fermentação maloláctica completa e amadurecimento em barricas de carvalho.

Guarda:
Bom para consumo, porém irá melhorar com mais dois ou três anos de garrafa.

Harmonização:
Harmonização bem com carnes de gado, massas com base de molhos pomodori e queijos condimentados.

Temperatura de serviço:
15 a 18º C.

Produto:
Vinícola Suzin


  • 0

Portento Tinto

VINHO TINTO FINO FORTIFICADO

Castas: Cabernet Sauvignon, Touriga franca, Touriga nacional, Tinta roriz

Graduação Alcoólica: 18% vol.

Produção: Lote com 20.000 garrafas de 500 ml e minigarrafas de 50 ml.

Elaboração: Fermentação alcoólica em tanques de inox, com controle de temperatura através de água corrente de fonte natural. Fermentação malolática realizada em cubas de inox, dentro de estufas aquecidas, com temperatura controlada em 25ºC.

O vinho não passa por clarificação ou por filtragem, podendo apresentar depósitos durante o processo de envelhecimento na garrafa. Recebe a adição de álcool vinílico, obtido na propriedade.


Envelhecimento:
Estágio de seis meses em barricas de segundo uso, de carvalho francês (50%) e americano (50%).

Características Sensoriais: Cor rubi intensa, brilhante.

Nariz rico, com aromas de frutas vermelhas e negras, frutas secas, figo e uvas passas. Notas de especiarias como a baunilha, o cravo e o chocolate. Toques balsâmiicos e notas frescas lembrando a resina de pinheiro.

Boca fresca, com elegante acidez e taninos em equilíbrio.

Harmonização Enogastronômica: Frutas secas e castanhas, de um modo geral. Queijos intensos como o pecorino romano, o gorgonzola e o roquefort, além do queijo da Serra da Estrela. Sobremesas à  base de chocolate (tiramissu, petit gateau), além do próprio chocolate. Grande companheiro do café e do charuto.

Temperatura de serviço:
14ºC.


  • 0

Mitolo Jester Cabernet Sauvignon

Mitolo Jester Cabernet Sauvignon

Monarcho foi o excêntrico maioria de todos os bobos da corte de Elizabeth
1. Ele foi chamado de bobo só de Shakespeare, em qualquer de suas obras e participou em “Amores Trabalho Lost”.

Italiano nascido, o Monarcho geralmente azul vestido era mais inteligente e politicamente consciente que a sua persona tribunal.

Depois de estrelar como o tolo por seis anos, se aposentou em 1575 e morreu pouco depois em 1580.

Vinhedo

As uvas são provenientes do distrito Willunga de McLaren Vale, onde os solos cinza pesada franco sobre arenito, misturados com barro Biscaia preto, combinado com o clima marítimo, contribuem para um mesmo período de amadurecimento eo desenvolvimento de sabores de frutas e taninos maduros. O rendimento é de cerca de 4 toneladas por acre.

Vintage

Depois de um inverno razoavelmente úmido, as vinhas de ruptura bem com o crescimento de rebentos bom começo.
Temperaturas de verão leve copa permitiu ser mantida direito até a época das colheitas, com irrigação mínima, o que resultou em um excelente período e até o amadurecimento.
Globalmente, a qualidade foi particularmente bom para o Cabernet e Shiraz.

Vinificação

20% das uvas foram deixadas para secar sobre as prateleiras de secagem 10 kg, durante 8 semanas na maneira tradicional de se concentrar Amarone sabor.

A fruta é fermentada para Jester em peles de 5 a 6 dias a uma temperatura fria, para melhorar a frutos silvestres puro.

O vinho é então prensado e passa por fermentação barril parcial. A fermentação maloláctica natural é completada antes que o vinho é submetido.

Envelhecido em 2-4 anos velho carvalho francês durante 9 meses.

Nota de Prova

Quase na cor preta com uma cor roxa.
Um nariz levantado e herbáceos com notas de ameixas maduras e noz moscada.

O paladar é um pouco restrito ainda mostra a generosidade de frutas.

O componente Amarone da mistura (20%) fornece média do palato profundidade e complexidade salgados.

Cellaring
Será que era confiável sob screwcap de 5-8 anos